Obama no Brasil: Uma boa imagem vale muito

By quarta-feira, março 23, 2011


Uma coisa é certa: Barack Obama não tem um marketeiro como Duda Mendonça, mas consegue ser tão popular quanto Lula. A diferença é que o nosso ex-presidente não cursou uma faculdade e não obteve certo refinamento que Obama possui na capacidade de disfarçar emoções.
O Brasil é um país pobre, apesar da riqueza. É um país que acredita ser uma grande potência, mas não é.  E Obama fingiu muito bem não perceber isso. Falou com o povo, sorriu, foi simpático, receptivo, elogiou o Brasil e os brasileiros, massageou o ego de políticos, mas não deixou escapar o olhar de pretensa superioridade. E não se pode condená-lo por isso, afinal, esse sentimento de soberania está enraizado em todo cidadão norte-americano. Além disso, nós brasileiros gostamos de fazer papel de tolos, talvez isso seja intrínseco de nós também. Adoramos um ídolo, alguém que demonstre, sutilmente, poder.
Poderíamos nos reunir para protestar contra qualquer coisa, pois aqui motivos não faltam. Ao invés disso estamos ansiosos com a chegada do presidente dos EUA. Um fato indiscutivelmente importante, entretanto devíamos nos interessar pelos reais motivos que o trouxeram aqui e os ganhos que poderíamos obter com essa visita. Por exemplo, a vaga no Conselho de Segurança da ONU ou o fim da exigência do visto entre Brasil e Estados Unidos. 
Todavia, alguns militantes do PSTU (Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado) se manifestaram contra a vinda de Obama, por motivos improváveis, que vão desde o interesse do presidente em roubar o petróleo à intenção de garantir que Dilma mantenha a ocupação militar no Haiti. Protestar só por protestar não quer dizer nada, mas só o fato de terem conseguido ver as coisas por um ângulo distinto da maioria, já esta valendo.
Obama foi eficiente na visita ao Brasil. Não exagerou na amabilidade, burlou algumas propostas políticas, encantou a nação e conheceu de perto um país exótico. E os brasileiros,  políticos e jornalistas, foram condizentes com a oportunidade de ter o homem mais poderoso do mundo em seu solo?

You Might Also Like

0 Palpites

Comente, crítique, reclame, elogie, concorde ou discorde. Mas deixe sua opinião!!